Desculpite Aguda

A todo o momento encontramos pessoas reclamando do cansaço físico, do stress. Faz parte do cotidiano encontrarmos pessoas justificando o baixo desempenho pessoal e profissional e afirmando que a memória está fraca, que já chegaram ao seu limite, que não dá mais. Conhece alguém perto de você, na família, trabalho que tem o hábito de freqüentemente se justificar? Se neste momento ela está ao seu lado, por favor disfarce. O quê? Esta pessoa é você? Parabéns. Você já deu o primeiro passo para eliminar a “desculpite aguda” da sua vida.

O que afinal é essa tal de “desculpite aguda”? É uma doença que atinge as pessoas que não assumem a responsabilidade pelos resultados da sua vida. Ataca pessoas que geralmente fazem pouco e querem muito em troca. Pessoas com alto grau de “desculpite aguda” freqüentemente utilizam expressões do tipo: “Não deu tempo”, “eu já sabia que não ia dar certo”, “a culpa não foi minha, foi do….”, “tudo eu, tudo eu”, “fica aqui no meu lugar para ver se é tão fácil”, …..

Esta doença pode ser genética mas geralmente é adquirida no convívio diário com pessoas contaminadas. Portanto cuidado, ela é contagiosa e tem parentesco com a “preguicite aguda” muito comum em adolescentes principalmente na hora do banho, de fazer tarefa escolar, ou ajudar na rotina da casa. Há casos mais graves onde a mesma pessoa desenvolve as duas doenças; não é raro isso acontecer.

Afinal como eliminar a “desculpite e a preguicite aguda” da nossa vida? A primeira atitude é querer. Em seguida adote o hábito diário de auto-observação, esteja em permanente vigília nos seus gestos e palavras. Seja proativo assim você assumirá o controle da sua vida e ocupará o seu espaço no universo. Tenha um objetivo claro de vida. Saiba onde quer chegar e dedique energia e persistência na busca deste objetivo.

Se está faltando energia, disposição, pare um instante e reflita sobre seus hábitos: que tipo de alimento você está ingerindo? Quanto tempo você dedica para atividades físicas? Do que você está alimentando seu cérebro? O segredo do sucesso não está em uma grande coisa e sim em pequenos hábitos cultivados diariamente.

Assuma o controle da sua vida, seja o motorista e não o passageiro, seja o ator principal e não o coadjuvante. Afinal a vida é sua e você merece o que há de melhor dela. Acredite, você foi criado para o sucesso e não para ser mais um neste mundo. Faça como Walt Disney acredite que “se você pode sonhar você pode realizar”.

Desculpas são confortáveis

Desculpa nos protegem de ter que assumir o fato que poderíamos estar fazendo melhor ou tentando. A desculpa o faz sentir-se melhor sobre você mesmo na medida que você se espreme e escapa por debaixo da convicção que você sente por dentro, aquela pequena voz te dizendo que você poderia ir mais longe.
Mas se você for humilde e honesto consigo mesmo, disposto a ver as circunstancias pelo o que elas verdadeiramente são e recusa-se a criar desculpas; se você eliminar as desculpas que você dá a si mesmo, seja espiritualmente ou na sua vida profissional , então isto te coloca numa melhor posição de vencer. E esta é a mentalidade que todos nós precisamos se vamos ser bem sucedido: Sem desculpas!
Você sofre de Desculpite aguda?
Você é uma pessoa com um baixo desempenho?
Se sim, então é hora de mudar.
Se cure de desculpite.

Desculpite explica a diferença entre a pessoa que chega a algum lugar e a pessoa que mal sobrevive. Você descobrirá que quanto mais bem sucedida for a pessoa, menos inclinada a dar desculpas ela será. Mas a pessoa que não chega a lugar algum e nem tem planos para chegar a algum lugar tem um livro de razoes para explicar o porque.
Pessoas com realizações medíocres são rápidas para explicar o porque que elas não tem,não podem e porque não são. Estude a vida de pessoas bem sucedidas e você descobrirá isto: Todas as desculpas dadas pelas pessoas medíocres poderia, mas não são dadas pelos bem sucedidos.
Nunca encontrei ou escutei de um executivo altamente bem sucedido, um oficial militar, um vendedor profissional ou líder em nenhum campo, que não poderia ter tido grandes desculpas para se esconder atrás delas. Roosevelt poderia ter se escondido atrás de sua perna sem vida : Truman poderia ter usado “Sem curso superior”; Kennedy poderia ter dito “ sou muito jovem para ser um presidente”; Johnson e Eiennhower poderiam ter se escondido atrás de um ataque do coração.
Cada vez que a vítima faz uma desculpa, a desculpa se torna mais enraizada dentro do seu subconsciente.
Pensamentos, positivos ou negativos ficam mais fortes quando fertilizados com repetições constantes. A princípio a vitima sabe que seu álibi e mais ou menos uma mentira. Mas quanto mais freqüente o repete, mais convicta ela se torna de que é totalmente a verdade, que o álibi é a verdadeira razão para ele não ser o sucesso que deveria ser.

O Passado não é o Futuro.

É tentador simplificar as coisas. “O jogo já está determinado“. Algumas pessoas têm todas as vantagens, e ganham. Algumas têm todas as desvantagens, e falham.
É, no entanto um terrível engano. Seu sucesso é muito mais dependente do seu comportamento agora, do que baseado onde você cresceu, onde você estudou ou se o seu caminho até agora tem sido fácil ou difícil. Oportunidades estão lá na frente; é uma questão de se você escolhe persegui-las ou não.
E no seu programa individual de pensar sucesso, você precisa se vacinar contra a doença do fracasso. Desculpite aparece de varias formas, e uma muito comum é ….
“Eu não tenho preparo para isto”.
Na verdade é tão comum que 95% das pessoas a nossa volta a tem em algum grau.
A maioria de nós fazemos dois erros básicos em relação ao nosso preparo:

  1. Subestimamos nosso próprio preparo.
  2. Sobreestimamos o preparo do outro.

Por causa desse erro muitos se vendem barato. Eles falham em aceitar situações desafiadoras porque elas “requerem preparo”. Mas ai vem a pessoa que não está preocupada sobre “preparo” e pega o trabalho. O que realmente conta não é quanto preparo você tem, mas como você usa o preparo que tem.

O raciocínio que guia a sua inteligência é muito mais importante do que a qualidade do seu preparo. Com uma atitude positiva, cooperativa e otimista uma pessoa com um QI de 100 ganhará mais dinheiro, respeito e obterá mais sucesso do que um indivíduo pessimista, negativo, não cooperativo com um QI de 120.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *