A Separação: Um Mal que Deveria ser Evitado?

O casamento deveria ser para toda a vida, exceto nas circunstâncias mais incomuns! Deveria ser feito tudo humanamente possível para permanecerem juntos, tanto pelo voto de amor que fizeram um ao outro como também por amor aos filhos. Então, se possível não desista! Se você não consegue dar-se bem com o cônjuge que tem agora nas circunstâncias em que se encontra, como é que você sabe que irá se dar bem com o seguinte sob quaisquer outras circunstâncias?

Se você quer deixar o seu cônjugeapenas porque ele tem algo que você não gosta, você vai querer deixar qualquer companheiro ou companheira que você tenha, porque é inevitável que cada um deles tenha algo que você não goste.

Eu acredito que os casais deveriam permanecer juntos tanto quanto possível, principalmente aqueles que têm crianças, no entanto com o tempo,se o casal não consegue resolver suas diferenças e ficarem juntos está sendo ruim para eles e para seus filhos, às vezes pode ser melhor eles se separaremdo que permanecerem juntos.

Muitos optam por uma separação temporária e em breve percebem que não conseguem viver sem o outro, mesmo com todas as suas esquisitices.

Quebrar um lar é de cortar o coração, é terrível ter que fazê-lo, mas é muito pior continuar com contendas, dissensões e discussões terríveis, com divergência de opiniões e diferença de objetivos. Portanto eu acho que em casos excepcionais, talvez fosse melhor as duas pessoas seguirem seus caminhos de maneira amigável, a fim de serem felizes.

Na maioria dos casos, eu aconselharia fortemente aos pais que tenham crianças pequenas a fazerem o possível para permanecerem juntas e não se separarem. Mas acredito em um Deus misericordioso, compreensivo, amoroso e bondoso, de forma que se duas pessoas simplesmente não conseguem mais viver uma com a outra, que Deus não faz leis para obrigá-las, como faz o homem.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *